31 janeiro 2013

Andar de transporte público em tempo de gripe

image

Imagem daqui.
"Só existem dois tipos: 1ª classe ou sem classe"
Leonor Pinhão
Programa Sacanas sem Lei, canal Q

Das intermináveis correcções de relatórios

Já passa das duas da manhã e estou a acabar um relatório para entregar amanhã.

Já gravei o "Relatório minha parte.doc", o "Relatório final.doc" e o "Relatório final 23:35.doc". Vou no "Relatório finalíssimo última versão 3.doc", mas desconfio que ainda deve haver mais uma ou outra correcção para vir.
Ainda assim, já são muitos anos a "virar relatórios", portanto já aprendi que depois de impresso, não o volto a ler.
Sim, vai ter um erro ou outro, eu sei, but don't they always...?

29 janeiro 2013

Não gosto de ficar sozinha à mesa quando todos se levantam para ir fumar; não gosto de me levantar só para não ficar sozinha à mesa...

Ele há coisas que me intrigam... VII



Imagem daqui.
 
Coma-a eu no início ou no fim do saco, fica sempre aquela ligeira sensação que o rabinho dos pães de forma era perfeitamente dispensável! E portanto envio desde já um cumprimento aos senhores que inventaram o pão de forma sem côdea (e portanto sem rabinho), que por esta altura devem estar mais que ricos e a pensar na sua próxima invenção, que pode muito bem ser qualquer coisa do género dos "muffin bottoms" ou dos buracos de filipino! Quanto mais não seja porque têm tanto direito a estar dentro do pacote como os outros...

28 janeiro 2013

Casamento: check.

A propósito de um episódio de emancipação precoce que a SMS conta no seu blog, lembrei-me de uma história que se passou cá em casa.

Teria o meu irmão L. uns 3 ou 4 anos (aos meus olhos, acabadinho de chegar ao mundo), quando, vindo da escola, chega a casa com esta conversa:

L.: Mãe, vou-me casar.
Mãe: Ah sim? Vais-te casar?
L.: Vou.
Mãe: E vais-te casar com quem?
L.: Com a Joana Coelho. [era loirinha e a única que sabia apertar os sapatos...]
Mãe [nunca perdendo a compostura]: Mas vais-te casar já porquê, pode-se saber?
L.: Essas coisas dão trabalho, assim fico já despachado.

Para quem viaja muitas vezes; para quem vai pela primeira vez; para quem dorme todo o caminho; para quem tem medo de voar

Vale sempre a pena ver as regras de segurança.





Prezo muito o meu sono de beleza



Esqueçam lá as segundas-feiras... a mim custa-me levantar cedo todos os dias!

24 janeiro 2013

Sim, são 3 milhões de dólares dentro de um anúncio a vidros inquebráveis

Eu que não percebo nada de liderança...

... acho que é mais ou menos linear que se deve repreender quem não é produtivo e se deve reconhecer e recompensar quem é profissional e eficaz.

Pois ali onde eu estou não é assim...
Eu e outros colegas, que nos esforçamos por ter o trabalho pronto a tempo e horas, que temos os processos em dia, que mantemos o serviço em funcionamento, somos constantemente chamados a fazer mais isto e mais aquilo e mais uma horinha hoje, mais outra amanhã...
As outras abéculas - séniores - que se passeiam pelos corredores, bebem cházinho com bolachinhas, imprimem cupões da Groupon e seguram as paredes, aparecem tarde e chegando ali ao meio dia e meia "se calhar vão andando, até amanhã".

Esta gente irrita-me.

IPMA



Porque é que o nosso Instituto de Meteorologia
de repente se chama agora INSTITUTO PORTUGUÊS DO MAR E DA ATMOSFERA?!

E o que é que o Antímio de Azevedo (que nunca me falhou, já sabiam...) tem a dizer sobre isto?

23 janeiro 2013

Love you

Diz o sempre oportuno Ministro das Finanças japonês Taro Aso que "o problema [das reformas da segurança social e do orçamento para a saúde] só será resolvido” se se deixar os idosos “morrer rapidamente”.

Nós por cá estamos mal, mas enquanto não chegarmos a este ponto terei esperança.

15 janeiro 2013

14 janeiro 2013

Atacadores

Ele há coisas que me intrigam... Uma delas acabou de ser resolvida.
Eu que andei anos a pensar como é que os mitras punham os atacadores a fazer aqueles arabescos esquisitos na parte de cima daqueles ténis gigantes que usavam... Afinal é assim.
 

12 janeiro 2013

Problema na cama: O clássico

"Porque eu acordo sempre a cair da cama!"
"Porque tu ocupas o espaço todo!"
"Porque tu me empurras e eu não tenho espaço!"
"Porque tenho que dormir sempre encolhidinho(a)!"
 

E depois discute-se, e depois promete-se, e depois uma pessoa está a dormir - "o que é que há-de fazer?, não teve culpa" - e voltamos ao mesmo.

Já aqui tinha falado neste assunto - por ocasião do casamento duns amigos - e, porque nunca é demais recordar, aqui fica, novamente, aquela que é, a meu ver, a melhor única(!) solução para acabar com este tipo de discussões.


Problem solved.

11 janeiro 2013

No fim da primeira semana inteirinha de trabalho...

Bom fim-de-semana!

Humanos viajam na cabine; cobras viajam na asa

É mesmo assim! O dia em que as cobras passarem a ter direito a escolher "lugar à janela ou na coxia", será o dia em que eu deixo de andar de avião.

Cobra pitão de três metros "viajou" em asa de avião da Quantas
Os passageiros que seguiam a bordo de um avião da transportadora aérea australiana Quantas foram surpreendidos, na quinta-feira, por uma cobra pitão que viajava na asa da aeronave.

Ele há coisas que me intrigam... VI

Como é que há relógios mais caros que casas...
 
 
Assim sem procurar muito...

Jules Audemars Escapement, com movimento mecânico de corda manual, decorado à mão, caixa em platina, vidro e fundo em safira, bracelete em pele com fecho de báscula em platina, patati-patata... e para meu grande espanto dá as horas e minutos e, nem mais nem menos do que "pequenos segundos" - whatever that means.

Na Joalharia Torres pela módica quantia de duzentos e oitenta e três mil, quinhentos e quarenta euros... e nem sequer dá segundos de tamanho regulamentar!!


10 janeiro 2013

Vão ver o "Les Miserables"

 

 
 
Fui ver o filme. Dia de semana, o Colombo às moscas.
Numa palavra: "granda-espectáculo-de-filme".
Bem, vamos lá ver, não é para todos. É um musical, logo aí já corta meio mundo; não é uma comédia nem um filme de pancadaria, logo aí já corta outro meio.
Tudo bem que nos primeiros 5 minutos uma pessoa ainda está meio incomodada porque a malta fala toda de maneira estranha... é o Russell Crowe que canta como um gladiador, o Hugh Jackman que canta como um wolverine... Enfim, primeiro estranha-se, depois entranha-se, não é? Pois bem, uma pessoa abstrai-se, entra na história e já nem dá por isso.
E a partir daí é extraordinário. Todo o ambiente, as interpretações (de Oscar, minha gente, de Oscar!). Tem drama, tem alguma acção, tem romance, tem o Sacha Baron Cohen...
Vale a pena. Não deixem de ver.

03 janeiro 2013

O drama das fotografias para um documento oficial

Quando se começa a trabalhar num sítio novo, há sempre as intermináveis burocracias a tratar. Foi o que me aconteceu ontem mesmo. Depois de uma bela manhã à espera de escolher a rotação dos estágios, fomos em bando aos Recursos Humanos tratar dos cartões de identificação e, naturalmente, tirar a fotografia da praxe:

- Vamos à fotografiazinha?
- Vamos lá...

- ...
- Então, já está? Nem disparou o flash!
- Já está.

- [meio a medo] Fiquei bem?
- Hum... Fica pequenina no cartão, mal se vê.
- [... ... ... hum... obrigada?...]

Casa roubada...

...trancas à porta.
O pior é quando toca à porta o senhor da Pizza Hut... primeiro que se resolva o quebra-cabeças, está o jantar frio!


Imagem daqui.

No rescaldo das festas

Tenho pena das pessoas que não gostam dos jantares de família... Por mim, não os trocava por nada!